O Museu de Arte do Rio promove uma leitura transversal da história da cidade, seu tecido social, sua vida simbólica, conflitos, contradições, desafios e expectativas sociais. Suas exposições unem dimensões históricas e contemporâneas da arte por meio de mostras de longa e curta duração, de âmbito nacional e internacional.

O museu surge também com a missão de inscrever a arte no ensino público, por meio da Escola do Olhar. O MAR está instalado na Praça Mauá, em dois prédios de perfis heterogêneos e interligados: o Palacete Dom João VI, tombado e eclético, e o edifício vizinho, de estilo modernista – originalmente um terminal rodoviário. O antigo palacete abriga as salas de exposição do museu.

O prédio vizinho é o espaço da Escola do Olhar, que é um ambiente para produção e provocação de experiências, coletivas e pessoais, com foco principal na formação de educadores da rede pública de ensino. Como recomenda a UNESCO, o MAR tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais – sob a forma de exposições, catálogos, programas em multimeios e educacionais.

Com sua própria coleção – já em processo de formação por meio de aquisições e doações correspondentes à sua agenda – o MAR conta também com empréstimos de obras de algumas das melhores coleções públicas e privadas do Brasil para a execução de seu programa.

Il Museu de Arte do Rio guida una lettura trasversale della storia della città, il suo tessuto sociale, la vita simbolica, i conflitti, le contraddizioni, le sfide e le aspettative. Le sue mostre riunire dimensioni storiche e d'arte contemporanea attraverso mostre nazionali e internazionali a lungo e breve termine.

I vicini edificio ospita la Escola do Olhar, che è un ambiente per la produzione e provocatorie esperienze, collettive e personali, con un focus principale su educatori di formazione dalle scuole pubbliche. Come raccomandato dall'UNESCO, MAR gode di attività che coinvolgono la raccolta, la registrazione, la ricerca, la conservazione e la restituzione dei beni culturali per la comunità - in forma di mostre, cataloghi e multimediali e programmi educativi.

Con la sua propria collezione - ora in fase di formazione attraverso acquisizioni e donazioni che corrispondono alla sua programmazione - MAR opere anche prese in prestito da alcune delle più belle collezioni pubbliche e private in Brasile al fine di attuare il suo programma.

The Museu de Arte do Rio drives a transversal reading of the history of the city, its social fabric, its symbolic life, conflicts, contradictions, challenges, and expectations. Its exhibitions bring together historical and contemporary art dimensions through long- and short-term national and international exhibitions. The museum also comes with the mission of inserting art in public education through the Escola do Olhar.

MAR is installed at Praça Mauá, in two buildings with heterogeneous and interconnected profiles: The Dom João VI Mansion, listed and eclectic, and the neighboring building, which has a modernist style and was originally a bus terminal. The Mansion houses the museum's exhibition halls. The neighboring building houses the Escola do Olhar, which is an environment for production and provocative experiences, collective and personal, with a main focus on training educators from public schools.

As recommended by UNESCO, MAR has activities that involve collecting, recording, researching, preserving and returning cultural property to the community - in the form of exhibitions, catalogs, and multimedia and educational programs. With its own collection - now being formed through acquisitions and donations that match its schedule - MAR also borrowed works from some of the finest public and private collections in Brazil in order to implement its program.