Sítio histórico onde, em 1590, os padres Carmelitas instalaram o seu convento no então extenso areal à beira mar. Em 1700, o Governo do Rio de Janeiro adquire dos padres carmelitas, casas térreas  situadas no lugar para a instalação dos armazéns reais que, a partir de 1743 são reformados e ampliados, abrigando a Casa dos Governadores. Em 1808 com a chegada da família real portuguesa, a casa transforma-se em Paço Real e a praça que adquire o nome de Largo do Paço passa a testemunhar importantes momentos da história do Brasil, como: o Dia do Fico, as coroações de D. Pedro I e de D. Pedro II, a Abolição da Escravatura e em 1889 o comunicado de deposição do imperador Pedro II e a extradição de sua família e auxiliares. Passou a chamar-se Praça Quinze de Novembro após a Proclamação da República.

E, mesmo após as recentes obras de modernização e reorganização realizadas pela Prefeitura, a Praça Quinze, com seus bares, restaurantes, feiras, museus e intensa movimentação popular, mantém um charme todo especial, que só mesmo quem está ali consegue sentir.

La piazza era originale un intrico delle paludi della mangrovia in cui le navi e le barche hanno imbarcato. Come parte del patrimonio della nazione, è qui che la storia di Rio de Janeiro ha cominciato. Ci sono tantissimi bar, ristorante, le fiere, artigiano che vendono i suoi prodotti e tantissimo monumenti da visitare.

The Quinze de Novembro Square was originally a morass of mangrove swamps where ships and boats boarded. As part of the nation's heritage, it was here that the history of Rio de Janeiro began. After recent modernization and reurbanization projects undertaken by the City Council, bars, restaurants, open-air fairs, museums and colorful crowds all endow this square with a special charm.